quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Tempos de alcoolismo...


Boa tarde, meus queridos não-leitores...
Como vão?
Só alegrias?
Venho através deste comunicar-lhes minhas últimas façanhas alcoólicas. Hoje estou completando, com essa cerveja que estou tomando agora, 2 meses e 1 semana de alcoolismo. Bebendo todos os dias. Não necessariamente ficando bebado, infelizmente, mas em 95% dos casos, a embriaguez era o objetivo e o rumo. Hoje não acredito que vá embebedar-me, enfim, tenho aula até as 10 e amanhã de manhã devo ir a faculdade, que não fui hoje. Causa de ressaca maior, vocês entendem, não?

Venho aqui também para trazer-lhes um outro ótimo comunicado. Carnaval.

"Olinda, quero cantar a ti essa canção. Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar faz vibrar meu coração de amor a sonhar com Olinda sem igual, salve o meu carnaval!"

Olinda, ah, Olinda. Me faça sonhar de novo com as noites intermináveis e com os amores efêmeros. Oh, linda é a tua história, lindas são as ladeiras, linda é a essência do carnaval que nunca sai de ti, oh, linda!

Vou-me pra Olinda, vou-me pra perdição, vou-me pra embriaguez coletiva e o caos social.
Talvez eu volte de lá com alguma lembrança.

Um abraço a todos.
Por trás e com muito frevo, claro...

3 comentários:

  1. Hum, nos encontramos por lá. Ainda espero sua ligação para a cerveja de sábado passado à tarde.

    ResponderExcluir
  2. Hey meu caro, quem dera eu pudesse participar de tais tertúlias.
    Pelo visto o destino me reservou um carnaval fatídico em casa longe das boas farras...
    Beber todo dia é uma benção [maligna]. Comemoremos principalmente nas sextas-feiras sacras. Com certeza o sofejo será bem mais gloriosamente executado, hehehe!

    ResponderExcluir

O que queres?